Em “Do Meu Quarto”, Koba fala sobre o fim da solidão

Foto: Patty Lima / Divulgação Coexiste
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Tempo de Leitura: 2 minutos
Em entrevista ao Coexiste.Info, o cantor fala sobre a decisão de retomar a atividade na música, conta sobre a nova fase e como se vê mais próximo do público

Mais do que o retorno ao cenário musical, o espaço para compartilhar aprendizados profundos sobre a vida e as relações. É isso que o lançamento do novo single “Do Meu Quarto” no dia 27 de setembro deste ano, representa para Koba. Ex-integrante da banda Restart, o artista retoma as gravações depois de quatro anos do último lançamento da banda, e dois anos após o fim dela.

A volta aos lançamentos acontece motivado por um propósito de entregar algo com sentido para o público. “Quando paramos eu pensei muito sobre isso. O que me faria voltar à música? Não era algo claro para mim, nem desejado. Depois de muitas transformações internas, percebi que poderia compartilhar isso com as pessoas”, ressalta.

A música sempre fez parte da história de Koba. Autodidata, ele aprendeu a tocar violão aos quatro anos de idade. Aos 11 ele montou a primeira banda no colégio. Aos 13, estudou na Universidade Livre de Música Tom Jobim.  Aos 15, produzia festivais de música no circuito paulistano para que sua banda pudesse tocar. Aos 16, a Restart estourava no Brasil e no mundo, revolucionando o mercado de consumo de música. Com a banda, somou mais de 60 composições, e recebeu mais de 40 prêmios entre nacionais e internacionais.

Hoje, aos 27, ele encontrou na música um meio de compartilhar com o público os aprendizados que vem tendo sobre a Vida, a existência e as relações. O ponto de virada dessa história se deu quando conheceu a Coexiste,  escola de desenvolvimento consciencial localizada em São Paulo, em 2015. “Eu comecei um treinamento que me trouxe respostas para os pedidos internos que eu tinha”, conta.

O primeiro impacto foi ter sido recebido de uma maneira absolutamente igual a todo mundo. Pra quem viveu sob os holofotes por um bom tempo da vida, ele percebeu o quanto esse destaque gerava um distanciamento das pessoas. “Chegou um momento que você não consegue mais ter uma convivência normal com as pessoas, e isso gera solidão. E quando a banda acabou eu só pensava isso: ‘eu não quero mais ser diferente’, mas não imaginei onde isso me levaria”, brinca. Na escola que ensina sobre a existência, percebeu que a prática da não diferença nas relações acontecia pela consciência de que a existência é a mesma em todos, ele começou, então, um treinamento para desenvolver e viver a partir da consciência sobre isso.

Rapidamente ele se integrou à equipe, e passou a viver com pessoas que compartilham o mesmo projeto. E é sobre isso que a música “Do Meu Quarto” fala. “Eu compus essa música aqui da janela do meu quarto, veio dessa observação. Fala dessa decisão pelo fim da solidão, que partiu de uma mudança interna e se reflete nisso”, conta.

Dentro da Coexiste, entre os cursos oferecidos, a arte é muito presente, e utilizada como ferramenta para falar sobre o mesmos assuntos. Com o alinhamento ao longo dos anos de treinamento, surgiu o projeto Coexiste Music, selo musical que visa compartilhar músicas com esse propósito, onde Koba atua na direção artística junto com Kaw Yin e Yan Yin, fundadores da escola.  “A nossa proposta é compartilhar as respostas que a gente foi alcançando ao longo do processo – e no caso de Kaw Yin e Yan Yin são todas – e entregar isso ao público, para que eles possam olhar para a vida de uma outra forma”, afirma. Também fazem parte do selo o cantor e compositor Gu Nogueira, e o consultor existencial e músico, Patrick.

0 0 vote
Article Rating
TAGS:

RECEBA A Coexiste.info no seu E-mail

.Conteúdos relacionados

Distanciamento social

Tão longe, tão perto

Tempo de Leitura: 7 minutos O distanciamento social tem sido uma grande oportunidade de reolhar os relacionamentos e entender onde as conexões acontecem. Não ter medo de mudar o que se pensa é o início desse processo

Leia Mais »

.Deixe o seu comentário

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x

5 filmes que te ensinam sobre a nossa existência

Encontramos no cinema obras que nos ajudam a olhar para a vida e a nossa realidade com outros olhos. Confira!
Leia mais

O que é a Mente

A Mente é o atributo do Espírito que coloca em ação a sua condição criativa.
Leia mais

Especial HackTown 2019

Nossa equipe esteve em Santa Rita do Sapucaí para trazer para você o que rolou de melhor em um dos eventos de inovação mais importantes do pais
Leia mais

O teatro como ferramenta de transcendência

A Coexiste Teatro une o treinamento da consciência existencial aos princípios das artes cênicas para que atores profissionais exerçam a sua função com máxima relevância.
Leia mais