Sabedoria aplicada significa a busca pela melhor solução

Foto: Acervo Coexiste
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Tempo de Leitura: 4 minutos
Workshop ensina trocar os desconfortos de lidar com conflitos no dia a dia do trabalho por uma visão lúcida sobre as situações

É possível aplicar os ensinamentos dos grandes sábios nos seus dias. As lições deixadas por nomes como Buda, Krishna, Jesus e até Shakespeare foram colocadas no mundo, justamente, para serem praticadas no dia a dia das pessoas. Mas, para isso, é preciso, primeiro, compreender o que foi ensinado para, depois, aplicar na sua rotina a essência do que foi dito centenas de anos atrás. 

Se isso pareceu distante, foi possível acompanhar de perto, durante o último HackTown, como essa aplicabilidade acontece no ambiente de trabalho durante o workshop Jogo de Cintura vs. Sabedoria Aplicada, ministrado por Aline Maíra e Carolina Triguis, ambas consultoras existenciais formadas pela Coexiste. 

Acredite se quiser, a ideia para o curso surgiu, na verdade, de um texto. Aline, que também é jornalista, fez o exercício de transformar um dos conteúdos da Coexiste, escola na qual estuda e trabalha há dez anos, em uma matéria de cunho jornalístico. Ao pedir para Carolina, que é professora de artes cênicas na mesma escola, ler o texto final, as duas perceberam que ele tinha cara de aula. 

Começou aí o trabalho das duas de transformar aquele conteúdo em um workshop prático, que inclui dinâmicas de teatro, para ensinar aos participantes a “soft skill que garante todas as outras”. 

“O oposto do jogo de cintura é a sabedoria verdadeira, cuja natureza é absolutamente conciliadora e tem a ver com solução, ou seja, uma vez que você age com sabedoria, não tem mais volta, você sempre vai saber quando está sendo sábio e quando está jogando o jogo de cintura”, explicam as palestrantes. “Porque o jogo de cintura sempre vai bater em uma parcialidade sua, mais cedo ou mais tarde. E, nesse momento, você vai perder a isenção e vai defender o seu independente das consequências para o todo”. 

O objetivo do workshop é oferecer aos participantes uma alavanca para que a postura de sabedoria seja treinada no dia a dia – e  não seja esquecida dali para a frente. “Você vai ver que, à medida que esse treino progride, o antigo jogo de cintura se transmuta numa nova habilidade natural de relacionamento profissional, com relações mais profundas tanto na equipe, quanto no atendimento ao cliente, mais transparência da sua parte, mais investimento ativo seu em não deixar ‘pontas soltas’ nas situações e relações e, ao longo do tempo, você vai se vendo livre de ter que jogar esse jogo e vai começar a surfar na onda da sabedoria, que é inocente, apaziguadora, tem visão do alto, deixa todos bem de verdade e promove com fidelidade a meta comum a todos”, dizem.

Ao contrário, o “jogo de cintura” tem limites, defende interesses ainda pessoais, deixa ideias escusas e sempre uma sensação de algo que ficou sem ser resolvido completamente. 

Vaime Júnior, CMO e sócio-fundador da Chawork, uma startup de recrutamento e seleção, foi um dos participantes do curso livre que aconteceu durante o último HackTown, e diz que ter contato com ensinamentos impactantes gerou resultados que, de fato, alteraram sua rotina de trabalho. 

Vaime Júnior (à direita) foi um dos participantes do workshop (Foto: Acervo Coexiste)

“Aprendi que o jogo de cintura uma hora vai sobrecarregar você, e que largar a mão também é uma forma de vingança”, conta ele sobre a experiência ao Coexiste.Info. “Aprendi que onde existe sabedoria não tem culpa e que, quando você está defendendo a sua ideia, você está fechado para outras possibilidades. A verdadeira conciliação não gera ônus para parte alguma. Aprendi sobre a escuta não reativa e como manter a mente aberta para outras possibilidades, para ser mais profissional nos meus relacionamentos.”

No dia em que o workshop aconteceu, a empresária criativa Fernanda Billa passou por uma situação de conflito, e o que ela ouviu durante a aula, diz, a ajudou a entender melhor a situação e a se colocar no lugar das outras partes envolvidas. “Me ajudou, principalmente, a entender a importância de não fugir, mas agir com consciência, discernimento e amor no ouvir e no falar. E é isso que eu posso aplicar no meu dia a dia, tanto que já coloquei em prática na situação referida”, explica. 

Para Vaime, os dias pós-workshop têm sido de prática constante, de forma que a dinâmica de trabalho virou, agora, palco para a aplicabilidade dessa sabedoria adquirida. “Tenho praticado lidar com os meus sócios com mais sabedoria, tentando ver o todo para chegar em uma solução comum e que não defenda apenas meu ponto de vista. As palavras que procuro lembrar são ‘amor’, ‘foco’ e ‘compartilhar’, para manter uma relação mais profissional no meu dia a dia, a empatia com amor, atenção naquele momento e não evitando de compartilhar o que tenho, porque isso também é uma forma de vingança”, conta.

“A verdadeira conciliação não gera ônus para parte alguma. E ver isso é resultado de prática intensa e muita dedicação a escolher pela sabedoria em todas as cenas”, reforçam Aline e Carolina. 

Sim, tentar colocar em prática os ensinamentos de Buda ou Jesus pode parecer difícil ou distante, mas, no fim das contas, é muito mais simples do que parece e muito mais compatível com o nosso dia a dia do que imaginamos. Buscar se manter atento ao contexto, procurando a melhor solução para as questões cotidianas de forma que todos se beneficiem se torna algo natural de quem treina e pratica a mentalidade aberta com determinação. 

Serviço:

Uma nova edição do workshop acontece na terça-feira (17/09), na Coexiste.

Workshop Jogo de Cintura vs. Sabedoria Aplicada

Quando: 17/09, de 20h às 23h

Onde: Coexiste – Rua Barbalha, 417 – Alto da Lapa – São Paulo – SP (também pode ser feito por vídeo conferência)

Inscrições: www.coexiste.com.br/agenda

0 0 vote
Article Rating
TAGS:

RECEBA A Coexiste.info no seu E-mail

.Conteúdos relacionados

.Deixe o seu comentário

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x

5 filmes que te ensinam sobre a nossa existência

Encontramos no cinema obras que nos ajudam a olhar para a vida e a nossa realidade com outros olhos. Confira!
Leia mais

O que é a Mente

A Mente é o atributo do Espírito que coloca em ação a sua condição criativa.
Leia mais

Especial HackTown 2019

Nossa equipe esteve em Santa Rita do Sapucaí para trazer para você o que rolou de melhor em um dos eventos de inovação mais importantes do pais
Leia mais

O teatro como ferramenta de transcendência

A Coexiste Teatro une o treinamento da consciência existencial aos princípios das artes cênicas para que atores profissionais exerçam a sua função com máxima relevância.
Leia mais